Postagens

Mostrando postagens de 2012

Maratona Caixa de Santa Catarina - ventãããão

Não, não corri a maratona...nem deu vontade, para ser bem sincera. Mas a prova foi muito interessante. Aliás, quando a Caixa Econômica participa, tenho visto que costuma dar certo. A inscrição era meio cara, mas pelo kit, valeu muito a pena: camiseta da Fila, linda, meias da fila, uma toalhinha e porta-número! Sendo a corrida no dia 30, dia 29 era dia de nhoque da fortuna, e assim foi meu jantar de massas, no Di Bernardi, que adoro, e estava show! A largada era na Passarela Nego Quirido (sim, com i), boa escolha, porque tem bastante espaço e arquibancada para quem quiser assistir. Além disso, a largada era separada, primeiro para quem correria a maratona (iniciando pela elite, mas parece que teve um intrometido que tentou largar junto), e uma hora depois o pessoal de 10km (como eu) e 5km. Para completar, havia indicação dos paces pretendidos, embora sem qualquer fiscalização, e marcadores de ritmo. Encontrei muitos conhecidos, era uma boa prova para iniciantes, porque basicamente p…

Viva la Republica Argentina? SIMMMM

Ah, saudades de escrever!!! Não tive mais tempo, e estou cheia de novidades (algumas já ficando velhas). Vou começar pela mais recente...Fui correr a meia maratona de Buenos Aires, no dia 09 de setembro. Só tinha corrido uma meia maratona, a de NY, em março do ano passado, e como já escrevi, gostei mais por ser onde foi, do que propriamente pela distância, achei tudo muito demorado. Tanto que não tinha corrido 21,1km novamente desde então. Mas gosto muito de Buenos Aires, e quando me disseram que o percurso era plano, fiquei tentada. Viagem curta, emendando com o feriado de 7 de setembro... Mas o maior impulso foi o convite da Simone para irmos juntas, como nossa "viagem de meninas" que planejávamos fazer há tempo. E ainda por cima para correr...perfeito! Claro que tenho muita sorte porque meu marido não foge da raia e ficou com as crianças para que eu pudesse viajar os três dias. EEEEEE, brigadão, mor! Foi uma experiência bem diferente da meia de NY. Embora meus treinos di…

Pais que correm

O pai da minha amiga Vanessa corre com ela por aí, em treinos e  até em provas, participou do Beto Carrero. E ele corre bem, corre há muito tempo, antes de gps existir, quando era só calçar o tênis (sem essa de pisada neutra, supinada, pronada) e correr. Eu acho o máximo ele correr com ela; aliás, acho o máximo pais que correm com os filhos. Li uma reportagem sobre isso na contra relógio, o pai que já correu diversas maratonas, e incentivou os filhos, que agora correm junto, como é importante esse estímulo, e mais uma forma de aproximar pais e filhos, de maneira altamente saudável. Fora que deve ter a preparação para a corrida, a combinação prévia, pode vir um lanche depois, as impressões do treino, comemoração por terminar bem uma prova, tudo isso é comunicação e aproximação entre eles. Logo se percebe que não é o meu caso. Meu pai não corre. Até alguns anos atrás, nem caminhava. Depois que ficou doente por conta do cigarro (sim, ele fumava), passou a caminhar,e  andava de bicicle…

Maratona Beto Carrero

Imagem
Gosto de provas em equipe, como já falei antes. E a Volta à Ilha é uma prova especial, com trechos difíceis, um dia inteiro na função, correria até os postos de troca, etc. Beto Carrero é uma maratona em equipe de revezamento, mas é totalmente diferente. É uma festa. E este ano, foi uma festa noturna. E que festa! As pessoas foram chegando à tarde, para a largada marcada para as 18h30min. Nós fomos em mais de trinta pessoas, distribuídas em quartetos, octetos e duplas. Eu estava no quarteto feminino com a Clenir "Bolt", Giovana e Grazi "ultra". Todo mundo com a mesma energia boa. Este ano a largada foi no kartódromo, o que achei bem interessante. O lugar é bonito e bem iluminado, com bastante espaço para as tendas das equipes e para a entrega de bastão. Ai, o bastão...Já estava acostumada com a pulseira magnética, que a gente só transfere e fica no pulso. Ou o chip de colocar no tênis. Mas bastão de isopor com chip...para segurar na mão...por essa não esperava. …

Corrida solitária ou solidária?

Frase usual: a corrida é um esporte solitário. Em parte é verdade, e nisso está uma de suas vantagens, é um tempo só da pessoa, relaxamento, para ouvir respiração, batimentos, organizar as ideias...Correr em grupo também é bom, e tem gente que detesta correr sozinho. Mas a superação, a melhora de marcas, aumento de distância, a conquista, é mais individual. Só que ontem participei de algo diferente em termos de corrida, e quero compartilhar. O Daniel, treinador da minha amiga Simone, é ultramaratonista. E ele decidiu fazer uma corrida de 24 horas. Sim, ele correndo 24 horas. Tá, coisa de maluco, também acho. Mas não era por ele, e sim em prol da Associação Blumenauense na Luta contra o Câncer - Ablucan. Ultramaluco do bem, então. Funcionava assim: ele ia correr das 15h de sábado às 15h de domingo, fazendo sempre o mesmo percurso, de aproximadamente 5km, no centro de Blumenau. Isso para chamar a atenção e as pessoas doarem valores para a associação, apoiando a corrida, e, querendo, co…

Meia maratona Bela Vista - prova familiar

Saudades de escrever! Devo confessar que tenho treinado pouco nas últimas semanas por conta de uns problemas e para ficar com Arthurzinho, e a falta de treino também reduz a inspiração...Mas aí vem uma prova e a gente se anima de novo. Ontem foi a Meia Maratona do Clube Bela Vista, uma prova super tradicional na região, que é de iniciativa do clube  que lhe dá nome, localizado em Gaspar e todo mundo de Blumenau frequenta. Esta foi sua 28ª edição, e contempla, além da meia maratona, a prova de inverno, de 6km, marcha atlética, maratoninha, caminhada, e este ano também era possível fazer a meia em duplas, que já comentei que acho uma boa ideia. É uma prova super família, ótima para iniciantes, porque tem várias possibilidades de percurso, e por começar e terminar no clube, é possível levar a família para acompanhar. A banda da polícia militar toca o hino nacional, tem candidato correndo e conversando com o eleitorado, é seguro, tem banheiros disponíveis razoavelmente limpos, a inscriçã…

Próximas provas na região

O mês de julho é de férias para algumas pessoas. Ótimo, mais tempo para treinar! Quanto às provas, dia 15 de julho tem a meia de Sampa, que é considerada uma prova rápida, que também tem 10km e 5,5km. Como é prova da O2, quem fez a meia de Floripa tem desconto na inscrição, e os assinantes têm os descontos e benefícios usuais (www.meiadesampa.com.br). Não é em Santa Catarina, mas acho importante mencionar. Nem vou falar da maratona do Rio porque as inscrições estão esgotadas há tempo. Dia 22 tem a meia maratona do Clube Bela Vista, que fica em Gaspar, mas bem na saída de Blumenau. O percurso é predominantemente plano, respeitada a geografia das duas cidades, Blumenau e Gaspar. O que achei interessante este ano é a possibilidade de fazer a prova em dupla. Além disso, tem a rústica de 6km, que eu gosto, é praticamente plana, boa para fazer tempo. É uma prova simples e tradicional de Blumenau, sem muitas frescuras, e a queixa que tenho do ano passado é que não tinha tapete para contar t…

Toda distância merece respeito

É assim: aquele casal de namorados está junto há algum tempo, e as pessoas começam a perguntar: quando sai esse casamento? ou pelo menos quando vão noivar? e eles casam, e em dois meses as pessoas começam a perguntar: quando vem o bebê? nasce o primeiro filho, e a criança nem desmamou e o povo: e o irmãozinho, quando vem? Voce conhece essa história? Pois é, é assim que eu me sinto quando me perguntam quando vou correr uma  maratona, ou mesmo outra meia maratona. Que pressão pela distância! Então, imagina quem começou a correr agora, e está nos 5km, com muito orgulho?! O sujeito finalmente começa a correr, está feliz porque corre meia hora direto, sem caminhar, e já tem gente querendo que corra maratona, trilhas, etc. Faz duas provas de 5km e na seguinte tem alguém para perguntar: Agora chega, né, vamos para os 10? É possível que o corredor de 5km hoje queira ser um maratonista amanhã. Mas pode ser que não, pode ser que queira correr pequenas distâncias sempre. E isso não o desqualifi…

Meia maratona de Floripa

Domingo, dia 17, aconteceu a meia maratona de Floripa, prova diferente da meia maratona internacional de Florianópolis, em março deste ano. Esta era organizada pela O2  e com a Asics patrocinando, o que garante qualidade dos kits. E realmente a organização pré-prova estava, para mim, impecável. A inscrição é simples de fazer, e para quem já fez outras provas e está cadastrado, mais fácil ainda, inclusive para fazer inscrição para outras pessoas, como fiz para uma amiga. E é enviado e-mail de confirmação depois do pagamento. A entrega dos kits é ótima, porque são muitas pessoas para entregar o número de peito e chip (evitando a correria e as filas no dia da prova para retirada do chip),  todos sabem as informações necessárias, e encaminham para a retirada do kit, que, sim, vem com a camiseta no tamanho que voce escolheu. Quem é assinante da revista O2 tem direito à personalização free da camiseta, e o staff te avisa disso quando entrega o número de peito. A personalização foi rápida …

Correr no inverno

Odeio inverno, odeio frio, odeio chuva de inverno (de verão só gosto da que dura meia horinha no final do dia), e acho que roupa de inverno, casacão, etc., só é charmosa nos primeiros três dias. Depois, já deprime. Ótima maneira de começar o post, não? Isso é para ninguém ler e no final ficar dizendo:"ah, mas ela gosta de inverno, por isso acha bom correr". Então não é por isso que acho bom. Mas sou meio Polyana mesmo, gosto de fazer do limão a limonada, e tudo isso. Assim, acho que também tem suas vantagens em correr no inverno. O mais difícil, para mim, é a adaptação. Eu custo a acreditar que realmente esfriou e talvez eu precise de uma manga comprida e até de uma calça para correr. E não creio que, apesar de escuro, já é dia lá fora. Dá uma tristeza. Duro levantar da cama. Na verdade, decidir levantar. Eu acho que no frio o melhor é treinar de manhã, para não correr o risco de desistir ao longo do dia, a não ser que não haja opção. E de qualquer jeito vou ter que levantar…

Blumenau 10k - ano 2

Imagem
Ano passado participei da primeira edição da Blumenau 10k, que teve também percurso de 5km. Primeiro ano a procura é sempre pequena, ainda não há muita divulgação, mas foi uma prova bem organizada, percurso interessante porque passa pelo centro de Blumenau, rua Quinze de Novembro, Beira-Rio, passa na frente da Vila Germânica, enfim, pontos turísticos e conhecidos. São diversos aclives, nada muito íngreme, mas o suficiente para exigir um pouco mais, e o clima é favorável, ano passado foi em agosto. A largada é em frente ao Shopping localizado no centro da cidade, então tem lugar para estacionar (é aberto o estacionamento, e quem participa da prova não paga), facilidade para pegar o kit (na loja Centauro), banheiro dentro do shopping para usar. Fui correr 10km, estava treinando, o dia estava perfeito, com sol e friozinho, e fiz um bom tempo, acabando em 2º lugar na minha categoria, em 12º no geral feminino. Então, anunciada a segunda edição, achei uma boa ideia fazer, porque é o mesmo…

Treinos

Participar de provas é muito, muito bom. Mas é, na verdade, o bônus, ou o prêmio pelos treinos feitos. Não tem muita graça participar de uma prova e não conseguir terminar, ou ficar com dores horríveis, por exemplo, porque faltou treino. É pelo treino que você vai descobrindo a distância que gosta de correr, a velocidade, o piso, a altimetria...É ótimo quando voce se sai bem numa prova, do jeito que queria, e percebe que é porque treinou. Isso é o normal. E os próximos treinos serão melhores, porque voce está motivado.  No treino voce adquire velocidade, força, resistência, e se diverte. Sim, porque para mim a ideia é sempre essa, mesmo que não dê certo todas as vezes. E ainda que não se divirta, no final do treino vem a maravilhosa endorfina. Bom mesmo é ter alguém competente (como eu tenho) para montar uma planilha de treinos, que leva em consideração as características pessoais, o tipo de corpo, os objetivos do corredor, as provas que tem em vista... Se não tiver quem prepare a…

Vale a pena usar GPS para correr?

Como já disse, nunca me entendi com monitor cardíaco. O troço captava os batimentos dos vizinhos, não o meu! De repente surtava, apagava tudo, um horror. Fora a aflição daquilo me coçando por baixo do top. Mas o pior era o medo que me dava, eu ficava toda preocupada com os batimentos, e nem prestava atenção no meu corpo, se aquele ritmo cardíaco, às vezes tão alto, correspondia ao meu cansaço, ao que eu sentia que podia fazer. E descobri que não, a não usar o frequencímetro, e sim seguir os sinais da respiração, as pernas e do coração, funciona bem melhor para mim. Mas porque aprendi a me conhecer e aos meus limites, e não só treinando, mas me submetendo a exames. Já o gps revolucionou a minha corrida. Sim, é possível correr sem GPS. Mas com ele é bem melhor. O GPS te permite saber a distância percorrida, a velocidade (no meu caso, o pace, ou seja, quantos minutos para fazer um km) e, na maioria dos modelos, ainda há o frequencímetro, então acompanha também o ritmo cardíaco. Quando f…

Que tal correr uma meia maratona em dupla?

Depois de duas semanas de muito trabalho, volto a escrever, cheia de assunto. Começo pela meia maratona de Balneário Camboriú que aconteceu dia 13, no domingo do Dia das Mães. Quanto à escolha do dia, não achei ruim. Vi muitas famílias completas,  justamente porque, sendo dia das mães, todos quiseram ficar juntos. Mães corredoras estavam felizes em fazer o que gostam (era o meu caso), e papais cuidavam das crianças enquanto isso, baita presentão! O que acho interessante nessa prova é a possibilidade de fazer em dupla, e então cada um corre 10,5km. Para quem ainda não tem coragem de se aventurar em uma meia maratona completa, mas quer sentir o clima, tanto da meia maratona quanto de correr em equipe de revezamento,  e já corre 10km,  é uma ótima opção. O dia estava perfeito, sol brilhando e friozinho de manhã cedo. É uma prova bem organizada, correr em Balneário Camboriú é ótimo, o percurso era quase todo de asfalto (o restante era um calçamento novo), bom para quem quer correr na pr…

Track & Field em Floripa

Eu já tinha listado essa prova como uma das imperdíveis, e não é só pelo kit. Mas o kit é lindo e ótimo, e merece comentários. Camiseta T&F, ou seja, malha excelente (Preta com dourado este ano), par de meias da mesma marca, e este ano não tinha boné nem viseira, era uma toalhinha e cadarço com elástico para os tênis (vou aprender como usar e depois conto). Tudo na sacolinha patrocinada pela Caixa, feita com plástico de garrafa pet. Ponto para eles. É cara a inscrição? Depende. Com os R$ 80,00 que paguei, não compraria a camiseta, toalhinha, meia e cadarço. Então, não acho caro. A entrega do kit é ótima, porque é na loja do shopping, durante três dias antes, ou seja, não há tumulto nem correria, e é gente que conhece os produtos que separa e entrega. A entrega do chip começa cedo, então também não forma quase fila. Depois de um sábado super chuvoso e frio, tinha gente pensando em desistir, que eu sei. Mas o domingo amanheceu gostoso, um nubladinho com cara de que ia aparecer o so…

Corri a meia-maratona de NY!

Era uma sexta-feira, e depois do almoço eu abri o site correr pelo mundo, que adoro, só para ficar me deliciando e desejando as provas que quero fazer em outros países. Normal. Então abri o link da meia maratona de NY, e era o último dia de inscrição para o sorteio de uma vaga. Sim, sorteio da vaga, porque as vagas são limitadas, e existem algumas maneiras de adquirir a sua: participar das outras provas da NYRunners, ter índice comprovado, contribuir para a caridade (são várias instituições inscritas), vagas garantidas por uma agência de turismo cadastrada (eu não sabia, na época), e...sorteio das vagas remanescentes. Nâo sei se era muita vontade, se foi a taça de vinho do almoço, mas me inscrevi para o sorteio. Voce paga uma taxa, que é abatida depois do valor da inscrição se for sorteada, e espera. E foi  que eu fiz, achando tudo muito divertido. Sim, porque nunca pensei que fosse ser sorteada. Mas fui. Demorou mais de um mês para o sorteio, e eles não divulgam a data exata. Eu a…

Sim, os tênis são diferentes...

E não dá para usar qualquer um para correr. Parece frescura, conversa de marca de tênis para vender, mas não é. O tênis errado ou de má qualidade pode causar problemas nos joelhos, coluna, lesões...camelô, por exemplo, nem pensar. Eu não sabia nada sobre tipo de pisada, tênis para treino, para prova, minimalista, tudo o que existe. E ainda sei muito pouco. Mas procuro me informar, porque descobri que realmente faz diferença para o rendimento e para o conforto, durante e depois da corrida. Nâo tem graça passar dois dias sofrendo com bolhas nos pés. É útil saber o tipo de pisada. Acredito que existem duas maneiras melhores do que aquela indicação caseira de pisar o pé molhado em um jornal e pagar o mico de ficar tentando decifrar a pisada. A primeira é buscar uma loja de artigos esportivos que tenha o equipamento adequado. É rápido e funciona. Algumas filiais da Centauro têm, e no stand da Adidas no local do kit do Circuito das Estações também, e é de graça fazer o teste. A outra opçã…