Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2012

Treinos

Participar de provas é muito, muito bom. Mas é, na verdade, o bônus, ou o prêmio pelos treinos feitos. Não tem muita graça participar de uma prova e não conseguir terminar, ou ficar com dores horríveis, por exemplo, porque faltou treino. É pelo treino que você vai descobrindo a distância que gosta de correr, a velocidade, o piso, a altimetria...É ótimo quando voce se sai bem numa prova, do jeito que queria, e percebe que é porque treinou. Isso é o normal. E os próximos treinos serão melhores, porque voce está motivado.  No treino voce adquire velocidade, força, resistência, e se diverte. Sim, porque para mim a ideia é sempre essa, mesmo que não dê certo todas as vezes. E ainda que não se divirta, no final do treino vem a maravilhosa endorfina. Bom mesmo é ter alguém competente (como eu tenho) para montar uma planilha de treinos, que leva em consideração as características pessoais, o tipo de corpo, os objetivos do corredor, as provas que tem em vista... Se não tiver quem prepare a…

Vale a pena usar GPS para correr?

Como já disse, nunca me entendi com monitor cardíaco. O troço captava os batimentos dos vizinhos, não o meu! De repente surtava, apagava tudo, um horror. Fora a aflição daquilo me coçando por baixo do top. Mas o pior era o medo que me dava, eu ficava toda preocupada com os batimentos, e nem prestava atenção no meu corpo, se aquele ritmo cardíaco, às vezes tão alto, correspondia ao meu cansaço, ao que eu sentia que podia fazer. E descobri que não, a não usar o frequencímetro, e sim seguir os sinais da respiração, as pernas e do coração, funciona bem melhor para mim. Mas porque aprendi a me conhecer e aos meus limites, e não só treinando, mas me submetendo a exames. Já o gps revolucionou a minha corrida. Sim, é possível correr sem GPS. Mas com ele é bem melhor. O GPS te permite saber a distância percorrida, a velocidade (no meu caso, o pace, ou seja, quantos minutos para fazer um km) e, na maioria dos modelos, ainda há o frequencímetro, então acompanha também o ritmo cardíaco. Quando f…

Que tal correr uma meia maratona em dupla?

Depois de duas semanas de muito trabalho, volto a escrever, cheia de assunto. Começo pela meia maratona de Balneário Camboriú que aconteceu dia 13, no domingo do Dia das Mães. Quanto à escolha do dia, não achei ruim. Vi muitas famílias completas,  justamente porque, sendo dia das mães, todos quiseram ficar juntos. Mães corredoras estavam felizes em fazer o que gostam (era o meu caso), e papais cuidavam das crianças enquanto isso, baita presentão! O que acho interessante nessa prova é a possibilidade de fazer em dupla, e então cada um corre 10,5km. Para quem ainda não tem coragem de se aventurar em uma meia maratona completa, mas quer sentir o clima, tanto da meia maratona quanto de correr em equipe de revezamento,  e já corre 10km,  é uma ótima opção. O dia estava perfeito, sol brilhando e friozinho de manhã cedo. É uma prova bem organizada, correr em Balneário Camboriú é ótimo, o percurso era quase todo de asfalto (o restante era um calçamento novo), bom para quem quer correr na pr…