Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2012

Pais que correm

O pai da minha amiga Vanessa corre com ela por aí, em treinos e  até em provas, participou do Beto Carrero. E ele corre bem, corre há muito tempo, antes de gps existir, quando era só calçar o tênis (sem essa de pisada neutra, supinada, pronada) e correr. Eu acho o máximo ele correr com ela; aliás, acho o máximo pais que correm com os filhos. Li uma reportagem sobre isso na contra relógio, o pai que já correu diversas maratonas, e incentivou os filhos, que agora correm junto, como é importante esse estímulo, e mais uma forma de aproximar pais e filhos, de maneira altamente saudável. Fora que deve ter a preparação para a corrida, a combinação prévia, pode vir um lanche depois, as impressões do treino, comemoração por terminar bem uma prova, tudo isso é comunicação e aproximação entre eles. Logo se percebe que não é o meu caso. Meu pai não corre. Até alguns anos atrás, nem caminhava. Depois que ficou doente por conta do cigarro (sim, ele fumava), passou a caminhar,e  andava de bicicle…

Maratona Beto Carrero

Imagem
Gosto de provas em equipe, como já falei antes. E a Volta à Ilha é uma prova especial, com trechos difíceis, um dia inteiro na função, correria até os postos de troca, etc. Beto Carrero é uma maratona em equipe de revezamento, mas é totalmente diferente. É uma festa. E este ano, foi uma festa noturna. E que festa! As pessoas foram chegando à tarde, para a largada marcada para as 18h30min. Nós fomos em mais de trinta pessoas, distribuídas em quartetos, octetos e duplas. Eu estava no quarteto feminino com a Clenir "Bolt", Giovana e Grazi "ultra". Todo mundo com a mesma energia boa. Este ano a largada foi no kartódromo, o que achei bem interessante. O lugar é bonito e bem iluminado, com bastante espaço para as tendas das equipes e para a entrega de bastão. Ai, o bastão...Já estava acostumada com a pulseira magnética, que a gente só transfere e fica no pulso. Ou o chip de colocar no tênis. Mas bastão de isopor com chip...para segurar na mão...por essa não esperava. …