Postagens

Mostrando postagens de 2014

Meia maratona do Rio: missão cumprida? Nãããão, sonho realizado!

Quase todo mundo que corre, depois que participa de algumas provinhas, começa a ter algum "sonho de consumo", uma prova especial  para fazer. Ou várias. Começa participando de uma prova de 5km local, e depois vai alçando vôos maiores, não necessariamente em distância, mas em importância de prova. Quero dizer que nem todos que começam correndo 5k necessariamente sonharão com uma maratona, mas podem sonhar com um 5km em uma prova do Circuito das Estações  da O2, ou Track and Field, ou até fora do país. E pode também querer aproveitar uma prova especial para aumentar a distância. Com a meia maratona de NY foi assim: eu voltei de um almoço com a Simone, falamos no assunto, entrei no site e me cadastrei para o sorteio de vagas, e nunca imaginei que fosse dar certo, era um super sonho. E assim fiz minha primeira meia maratona, em NY, no meio de 15 mil pessoas, em uma das provas mais bem organizadas (talvez a mais) que ja fiz. Importante é saber separar o tipo de sonho: performanc…

Existe o dia perfeito?

Saudades de escrever, estou com vários assuntos atrasados, tem prova feminina, tem cerene...Mas vou falar mesmo da Maratona de Santa Catarina hoje. Não, não fiz a maratona, e sinceramente, aquele trajeto não me apetece muito para 42km (vai perguntar se algum apetece? ainda estou pensando). Uma coisa é correr em casa, ou onde você costuma treinar sempre que pode, e adora, mas fazer o trecho para completar 42km...no, thanks. Aliás, e isso é um parênteses, quando a gente treina bastante, começa a faltar percurso. Olha que, como boa virginiana, gosto de ter a rotina até na corrida, quase um toc, como sempre começar do mesmo lugar e ir na mesma direção. Mas se você tem que correr todos os dias, como nas últimas duas semanas (ai, Everton, all my love for you...#sqn), variar é questão de sobrevivência, porque a gente já sabe a quilometragem de cada caminho, de modo que o tempo não passa se você estiver sozinho, mesmo adorando correr. Na esteira, que já não é ótimo, pelo menos eu vejo TV. O…

Sandálias da Humildade e Desafios

Decidi que gosto de fazer meia maratona. O treino é bom, os longos são num limite razoável de duração, e no dia da prova é possível encaixar respiração, postura, braços, ritmo...isso quando dá tudo certo e você treinou adequadamente. Diferentemente de provas de 10km, que dá para fazer quase toda semana, se quiser, meias exigem um certo descanso entre uma e outra. Pelo menos para mim. Tive uma semana particularmente difícil e dura no trabalho. Naturalmente, isso foi na semana de plantão da escolinha, quando não tem jantar para as crianças e tem que buscar Arthur mais cedo. Mesmo que não fosse mais cedo obrigatoriamente eu iria, porque a fome da criança transforma aquele fofinho em um monstro aterrorizante do mau humor.Treinos reduzidos a quase zero. Semana off, chamemos assim. Para completar, sexta e sábado eu tinha uma turma para dar aula na pós graduação em Floripa. Aceita há vários meses, nem pensando que poderia ter prova de corrida no dia seguinte. Aula significa ficar em pé, se…

Desafrio: missão cumprida. Ai como dói...

Os últimos trezentos metros do Desafrio em Urubici são os maiores do mundo. Parecia que eu nunca ia chegar. Ainda bem que o Ruy foi me esperar logo, porque eu estava realmente exausta, então precisava de alguém puxando. Então, vamos por partes. É uma prova incrível? Sim. Diferente de todas as outras, inclusive as de aventura? Sim. Chegou a Amanda e perguntou: e aí, amiga, gostou?  ai, não muito...(momento das vaias...). Como não, né? Todo mundo adora!  Eu treinei bastante, mas nada nos prepara para o que está lá esperando. Choveu a semana toda. Na sexta feira fui de manhã de carona, para me ambientar, e lá fiz um trote de vinte minutos com a Giovana. Senti a respiração diferente, a altitude pega. Choveu a noite de sexta para sábado. Não, não choveu. Caiu o mundo, com muitos raios e trovões . Acordei às 3h da manhã por causa do barulho. Só pensava que ia estar tudo uma beleza no dia seguinte. Lembrei da minha mãe, que sempre que chove em véspera ou dia de prova, ela me diz que vão can…

EXTRA, EXTRA!!! DOAÇÕES PARA URUBICI!!

Sábado é o grande dia do Desafrio. Considero que meu treinamento foi o melhor possível, dentro das minhas condições de tempo, temperatura, pressão, família e trabalho. Treinei duro, levei a sério todos os treinos. Não consegui cumprir 100% da planilha, porque é difícil mesmo, mas no mínimo 80% eu fiz bem bonito, e sempre considerando minhas limitações. Agora é esperar a festa. Sim, porque a prova é para ser a coroação de tudo, então let's have some fun! Recebi um email da organização da prova informando que a região de Urubici é carente em recursos, e com aquele frio todo, eles levam beeem a sério a campanha do agasalho. Pediram para que os atletas contribuíssem, e o mais legal: tênis são bem vindos. Pretendo fazer este ano ainda mais uma campanha de doação de tênis usados, mas, até lá, quem já tiver o seu em casa, sabe que não vai mais usar, e quiser colaborar, vou achar o máximo. A gente ajudou muitos atletas de Blumenau no ano passado, acho que podemos ampliar nossa área. Pos…

Blumenau 10k: ah, velocidade!

Esse negócio de treinar para o Desafrio é diferente do que estava acostumada. Longos de verdade, e com subidas, descidas,  sempre procurando um lugar ruim para treinar, porque quanto pior, melhor. Tem sido incrível treinar sempre em boa companhia (ainda mais com gente que é bem mais top), e, sinceramente, pra fazer 24km, 18km, se não fosse com as meninas (Clenir, Giovana, Grazi, Simone no domingo debaixo de chuva)...não ia dar, porque a gente vai ficando cansada e começa a pensar nisso: em estar cansada, e isso não leva ninguém para frente. Quando voce combina de ir com alguém, já cria o compromisso, nem pensa muito, e durante o treino tem bastante distração, além de uma ir empurrando a outra (às vezes, quase literalmente). Então não estou treinando velocidade, porque tiros de 2km, 3km, não são beeem tiros, não é verdade? E eis que chega o Blumenau 10k. Quarta edição, participo desde a primeira, conheço o percurso e gosto muito, porque vai todo mundo e tem premiação por categoria. A …

Novos desafios, novos treinos. E treino é tudo!

Ai, que saudades de escrever, mas está difícil arrumar tempo. Muitas coisas atrasadas, mas agora já era. Enfim. Estava lendo na Runners que a gente deve mudar as metas de tempos em tempos, e também ter metas realistas (Reportagem As Leis Sagradas da Corrida). Estou fazendo isso este ano.  Comecei a correr não tão jovem, então, mesmo adorando provas mais rápidas, já tenho que ter em mente que minhas chances de melhorar o tempo nas provas de 10km devem reduzir a cada ano. Ainda não perdi as esperanças de, ao menos,  manter meus tempos em bons patamares por mais uns aninhos, mas tenho que ter novas perspectivas, para não me decepcionar.  Para as oportunidades em que ainda pretendo ser competitiva, um passo importante é, definitivamente, dar mais atenção às provas que têm premiação por categoria. Participar de provas grandes, como as da O2, para eu continuar lembrando o quão atleta amadora eu sou, no meio das milhares de people, também pretendo manter no meu calendário. E o triathlon...a…

Mais panqueca!!

Acho que na vida da família que gosta de fazer comida, mas ninguém é chef, e tem criança, sempre existem os curingas, para não dizer manias... Aqui em casa é panqueca e omelete. Na dúvida, fazemos omelete. Com um pouquinho mais de tempo, e quando eu estou no comando, a chance de sair panqueca é grande. Para não ficar tudo igual, vou alterando as massas e os recheios. Como não queria gluten nem muito carbo para o jantar de hoje, mas queria fazer algo que todos pudessem comer (o que significa tirar o whey da receita), fui adaptando. Não é bem uma receita precisa porque fui fazendo e resolvendo...E a quantidade foi muita, para alimentar a família. Há algum tempo descobri a farinha de grão de bico. Adoro grão de bico, homus, e tudo o mais, então achei que era o canal. Grão de bico é tudo de bom. Alto teor de fibras boas, baixíssimo indice glicêmico, indicado para diabéticos porque não permite a rápida subida dos níveis de açúcar no sangue, é fonte de proteínas quando combinado com bons c…

Correr vendo o mar...

Como é bom! Sou daquelas que precisa de um visual, ainda mais em prova longa. Sim, para mim, meia maratona é prova longa. E a meia maratona de Balneário Camboriú não decepciona. Boa organização, largada rigorosamente pontual, e muita hidratação pelo percurso. A camiseta estava linda este ano de novo, kit fofo, e essa moda agora da Gomes da Costa patrocinar os eventos é ótima para quem come atum praticamente todos os dias, ou seja, eu. Vem latinha com algum tipo no kit, e ainda tem a tal pescaria, com chance de ganhar mais alguma coisa.  A previsão era de chuva, mas eu já não acredito mais. O tempo foi abrindo, e na largada  tinha um sol bem gostoso. Na verdade, com chuva a prova rende mais, mas realmente não é a mesma coisa. Eu já tinha feito a prova duas vezes, sempre em dupla, e nas duas ocasiões fiquei com vontade de ter corrido tudo. Este ano achei que estava pronta para encarar o morro da rainha duas vezes, na ida e na volta.  O percurso é muito legal, vai pela beiramar até o mo…

Que treino faz você feliz?

Como eu postei no facebook  no domingo, enquanto eu fazia meu treino de corrida em Floripa, em um lindo dia de sol  (que privilégio, eu sei), comecei a lembrar das pessoas que conheço que estavam praticando algum esporte naquele momento, em treino ou em prova. E percebi que era muita gente! Tinha triathlon (olimpico e long distance) em Caiobá, com alguns triatletas de Blu, inclusive a Camila fazendo sua (premiada) estreia oficial em uma prova de distância olímpica (1500 natação, 40km de pedal e 10km corrida); tinha triathlon em BH, o que descobri vendo o Robson la, papando um terceiro lugar na categoria; Mountain Do Fim do Mundo, no Ushuaia (sim, eu conheço gente que estava lá); uma colega juíza querida estava fazendo o 70.3 (meio iron) de Brasília; Manezinho e Sérgio correndo em Joinville no 10k...isso em provas! Em Blumenau tinha uma turma subindo o Spitzkopft, um  parque ecológico lindo, com acesso por uma baita morreba, excelente treino forte; outra turma saiu do parque Ramiro pa…

Comidinhas: "Pãomelete"

Acho que originariamente a receita é do blog da Mimis, mas eu peguei na revista contrarelógio. Várias pessoas já tinham mencionado.

Eu chamo assim porque não é beeeem um pão, falta uma certa textura, que só seria obtida com algum espessante ou uma farinha que desse liga, e a ideia é não ter nada disso. Mas fica uma delícia e é tão prático!

Vamos lá:
1 ovo (ou duas claras)
1 colher sopa farelo de aveia (ou farinha de quinoa, e na próxima vou tentar com farinha de grão de bico)
1 colher de sopa de iogurte desnatado (ou água, mas acho que não fica a mesma coisa)
1 colher café de fermento em pó
ervas - usei o sal light com ervas orgânicas que tenho, pouquinho, e mais um pouco de orégano

Misture os ingredientes com um garfo e coloque em uma pequena travessa, fica parecendo um mingau grosso.
Microondas na potência máxima por 2min20seg, mas depende do micro, claro. Não sou muito fã de microondas, mas esta receita é assim mesmo, e é para ser o mais fácil possível.
Depois de pronto, corte ao m…

Delicias - Bolo de maçã

Hoje tem receita!!
O bolinho de maçã é leve e uma delícia. Perfeito com café, e eu já comi até no pós-treino, sem culpa...
A receita original é da minha amiga bambinete Tutti, a dela é com trigo.
Como sempre digo, com criança não tem adoçante, então é para os dias em que o açucar está liberado...

Bolo de maçã
Pre aqueça o forno a 180°

ingred
2 maçãs em pedaços (a pectina está na casa, então se tiver orgânicas, ótimo, senão, lava bem para poder aproveitar)
1 1/2 xic de açucar demerara
3 ovos
1 xic de óleo (algum óleo do bem, mas que não dê gosto. Pode ser até azeite)

2 xic de farinha (usei 1xc. de fsg da Amina, pode usar qualquer mistura sem gluten, menos a da marca "sem gluten" - hã? - sim, porque é pura farinha de arroz, não dá liga; a outra xic usei de farinha de amendoa, a minha favorita)
1cc de fermento
mais uma maçã picadinha, agora sem casca mesmo
canela a gosto

Bata as maçãs, acuçar, ovos e leite no liquidificador, até ver que as maçãs trituraram bem.
Passa para uma t…

Quando 7km não são só 7km...

Primeiro deixa dizer que não, não fui correr a meia maratona de Florianópolis hoje. Eu estava inscrita, o plano era ir, mas não rolou, acabamos tendo festa de aniversário ontem, imperdível, eu voltando de viagem a trabalho, estaria exausta e faria uma prova péssima. Estava inscrita para os 21km, então sem condições. Nessa prova eu só corri a distância de 10km. E na época premiava até o 5º lugar geral, e cheguei em 6º (o que eles só perceberam depois, me anunciando como quinta colocada). Fiquei super arrasada naquela ocasião, porque tinha feito meu melhor, e não quis mais fazer a distância nessa prova. Não sou dessas de voltar para mostrar para mim mesma que eu posso, me supero, etc e tal, agora eles vão ver. Não, não vão mais me ver. Só para outro desafio.  Portanto, vou falar do primeiro trofeu do ano.EEEEEEE!!!! Me inscrevi para a prova de 7km do chamado Circuito do Vale Europeu sem grandes expectativas, porque a  distância era, em tese, curta para o treino que eu deveria fazer. Fi…

Quanto vale uma planilha de treino?

Participando do curso de culinária funcional da  Lidiane Barbosa, fiquei viajando numas analogias. Imagine uma pessoa que sempre comeu o que quis. E imagine que não são coisas que uma nutricionista e o um médico recomendariam: fritura demais, sal demais, doce demais...enfim, demais.Um dia essa pessoa faz exames, os resultados não são bons, fora a parte da vaidade, porque a essas alturas o espelho não deve estar lá muito amigo. E vem o estalo: é o fim. Então, em vez de procurar um profissional (às vezes até por vergonha), mas sem saber como iniciar, a pessoa compra uma revista, daquelas femininas cujos nomes vou evitar, e resolve seguir a dieta do chá, ou a dieta da sopa, ou qualquer uma dessas que vai enxugar e secar em menos de um mês, e tudo vai ser lindo. E quem consumia umas 3500 calorias (de gordices) por dia entra numa dieta de fome, de algo como 1500 calorias (às vezes ate menos), e, graças ao efeito diurético, perda de água, termogenico, e tudo o mais, emagrece. E acha que d…

Parcerias

Ai, sumi, eu sei. Muito, muito trabalho. O tempo ficou escasso, virou luxo cumprir a planilha.Escrever acaba ficando para depois (tipo meia noite). Mas assunto temos. Duas semanas depois, quero falar da prova da Ponta do Papagaio. Formamos um trio eclético: eu, Simone e Taty, proprietária do Salão Taty's Estetic Hair, minha cabelereira, amiga, uma das primeiras pessoas que conheci em Blumenau, porque nadávamos juntas. Ela agora está nas provas multisports de aventura total, mas como já tinhamos feito a Ponta do Papagaio em 2012, a primeira edição, em dupla (sim, aquela em que fomos a única dupla feminina da prova), quando soube que teria que ser um trio feminino, logo pensei nela e a Si concordou. Engraçado porque cada uma de nós corre ou já correu em outras equipes, reforçando que a corrida une. Tudo muito bom porque a Simone gosta da trilha (já fiz, é linda e punk), eu e a Taty gostamos da praia.  Infelizmente, a organização da Acorsj ainda é meio amadora. As informações demora…

O dia em que usei amarelo

Quem me conhece um pouco sabe que não uso amarelo. Fico estranha, na verdade amarela mesmo, acho que por causa do meu cabelo, sei lá. Não curto. Então, a expressão "amarelar", para mim, ainda carrega uma conotação ligada à cor propriamente dita.  Pois no sábado aconteceu. Amarelei. Fiquei em dúvida sobre escrever sobre meu fiasco ou não, mas cheguei à conclusão de que devo compartilhar também as experiências mal sucedidas (ou, no caso, não sucedidas), porque senão parece a vida do facebook de beleza, sucesso, alegria permanentes, e isso, nós sabemos, não existe. E foi assim: mais uma vez, me inscrevi em uma travessia, agora em Meia Praia, ao lado de Itapema, achando que ia ser uma boa. Paguei, confirmei, e montei o esquema familiar, conseguindo uma carona para ir. até lá.   Fui até lá, peguei o kit (e a camiseta, regata, é fofa), me arrumei, andei até o ponto da largada...e fugi. Não larguei.  Voltei andando, e depois correndo (não pela fuga, mas para agilizar, juro), para …