Postagens

Mostrando postagens de Março, 2016

E tem dias em que o sorriso sai só no final...Corrida de Páscoa

Esqueçam o que escrevi no último post sobre correr com alegria. Brincadeira. Tive um dia ruim. Fazia tempo que não me sentia dessa forma. Decidi escrever o post antes de ter digerido bem a Corrida de Páscoa de Mariscal, para compartilhar adequadamente meus conturbados sentimentos. Ué, mas não saiu trofeu? Sim, saiu. Segundo lugar na categoria. Categoria de 10 anos, e não de 5. Se for olhar, foi melhor do que em São José. A menina que ficou em primeiro é a que, no ano passado, estava no pódio geral. Então, concluímos eu e ela que, embora a prova tenha crescido pouco em número de participantes, o nível subiu, em geral. Ok, a prova tem a proposta de ser simples, e for fun, uma confraternização no sábado de Aleluia, atrai os locais (tinha uma equipe grande de Bombinhas) e turistas que já conhecem a região (paranaenses na maioria). Não é para ser mega profissional. Espero que não, porque aí fracassou de forma retumbante. A simplicidade permite que a gente pegue o número no dia da prova, assim…

Meia maratona de São José, Frustração e Liberdade

A pessoa acorda no domingo às 5h50min, vai da Praia da Daniela até a beira-mar de São José para correr  10k. É amor pela corrida, não é? Sim, muito. Engraçado que nem chego a me questionar sobre ir ou não para uma prova. Desta vez era mais fácil porque amanheceu um dia lindo, um céu espetacularmente azul, dava vontade de correr mesmo.  Tem gente que me diz que não sai de casa para correr pouco. Para esses, eu digo: 1. O que é pouco para você? para quem faz ultra maratona, 21km é regenerativo, para quem nunca fez mais de 8km em treino, 10km parece bastante. 2. Eu saio de casa nem que seja para correr vinte minutos. Sabe por que? Porque sempre acho que vale a pena. E sou mulher. E mãe. E tem vezes que a gente só tem esse tempo. Para completar, melhor vinte minutos correndo do que comendo, né não? Correr é bom até por isso. Qualquer meia hora correndo vale. É o tempo para fazer entre 5km e 6km. As pessoas me perguntam se "compensa" correr meia hora, três vezes por semana. Clar…

Post Culinário: Brownie semi paleo funcional diferente da receita do André

O título é autoexplicativo. Mas complemento dizendo que eu adoro a receita de brownie do André Nutrichef, aprendi no curso dele, e, como tudo o que ele faz, fica maravilhoso e o melhor, possível de reproduzir.
Digo isso porque já fiz curso e já vi gente ótima passando a receita, e eu nunca mais consegui reproduzir da mesma forma ou com o mesmo sabor.
Então, em princípio, eu ia fazer a receita do Andre, achando que tinha tudo em casa. Como é funcional, leva biomassa de banana verde, e na hora de descongelar os cubos que eu tinha, deu alguma coisa errada, e, sem mais explicações, tive que pensar no plano b.
Lembrando de outras receitas que acho legais, e querendo fazer na linha paleo, saiu como explico abaixo. Ah, se você está pensando em fazer, compre as tâmaras hoje para deixar de molho!

Ingredientes:
4 ovos (orgânicos, preferencialmente)
2 colheres de óleo de coco
200gr de tâmaras
30gr de farinha de coco (muitas vezes substituo pelo coco ralado sem açucar, mas neste caso não recomen…

Treinos de verão, Parceria e a Ponta do Papagaio

Então, pessoal, passou o carnaval, daqui a pouco já é páscoa. O ano começou, não tem mais jeito. Isso significa que o modo "treino de férias" chegou ao fim para todo mundo. Eu nunca fui fã de ficar off no final do ano. Nem duas semaninhas? nem duas semaninhas. Posso fazer mais matado, não cumprir a planilha, mas atualmente não gosto nem de ficar sem planilha no período. Li as revistas todas, falando da importância de dar uma variada, de preparar para o período de base, e eu mesma já fiz isso. No final de 2013 estava, sinceramente, de saco cheio de correr, tinha tido um ótimo ano, mas puxado. E só queria saber de nadar e pedalar.  Em 2014, com a lesão, eu não tive opção senão nadar e pedalar no período da comilança, digo, de férias. Na época não adorei, não. Quando voltei a correr, em janeiro, de leve e tal, foi sofrido demais. Por isso em 2015 não parei. Desacelerei apenas, mas não parei nem uma semana. Inclusive, orgulhosamente, segui a planilha. Com exceção da velocidade pre…