Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2018

Vamos falar de saúde e corrida? Osteoporose e estilo de vida, por Kátia Dieckmann

Imagem
Minha avó tinha osteoporose. Em uma época em que se sabia pouco sobre isso. O médico mandou e minha mãe triturava casa de ovo no liquidificador e colocava no mingau de aveia da vó. Treva. Ela nunca reclamou. Nunca reclamava. Isso acendeu uma luz forte dentro de mim: osteoporose na família. Ruim. Minha mãe não é a pessoa com ossos mais fortes do mundo. Já quebrou alguns, e geralmente uma costela por ano nos últimos dez anos. Sim. Costela calcifica meio sozinha, ela trinca e o corpo cuida de tudo. Todos somos um pouco Wolverine. No caso da minha mãe, tem osteopenia há bastante tempo (quando o corpo não produz um novo osso tão rapidamente quanto reabsorve o osso antigo), sabendo disso através de um exame chamado Densitometria Óssea, além de, no caso dela, ter essas fraturinhas. Em 2017 ela quebrou uma vértebra (ou duas). Teve que operar, foi colocado um cimento cirúrgico para segurar, uma técnica bem legal, pouco invasiva e de rápida (até demais) recuperação. Mas os exames apontaram que …

Avaliação de tênis: tradição x novidade: Nike Zoom Pegasus na 34ª edição e Hoka One One Clifton na 4ª

Imagem
Demorei a ter meu primeiro Nike para correr. Usei alguns modelos da tecnologia Lunar, depois tive  Vomero, e voltei para Lunar, especialmente o Glide. A primeira lesão que tive foi depois de fazer uma prova usando o Vomero. Culpa dele? Não, né? Mas fez parte do conjunto da obra. Eu treinei distâncias maiores do que estava acostumada, volume grande, subidas e descidas fortes, e como era muito treino para o Desafrio de Urubici (aquele do nunca mais), negligenciei a musculação. Isso, mais o dia da prova só na lama das trilhas sem fim (minha infelicidade também) e a descoberta de não estar com o tênis ideal...boom! Fiquei receosa por um tempo, até o Roehniss me indicar o Pegasus, na época na versão 32. Foi indicado como um tênis bom para provas, com estabilidade. Na época ele me explicou que a minha pronação era tão suave que não justificava usar o lunarglide, para pronadores (é um tênis leve, ótimo). Apaixonei pelo Pegasus. Comprei dois pares e revezava. Confortável sem ser macio demais…

Mais duas opções de performance: 361° Chaser e Olympikus Rio 4

Imagem
Também ganhei para experimentar o Chaser, modelo totalmente diferente do KgM2. Parece-me, inclusive, que este tem sido utilizado pela Simone Ponte Ferraz, entre outros atletas que conheço pessoalmente (e que são bem, bem rápidos), como tênis de provas.  Na prova Itajaí Flash Run, em dezembro, noturna, eu vi a Stefanie,  top da Fundação Municipal de Esportes de BC e treinada pelo Diogo e pela Daia Gamboa, ganhar a prova de 5km usando esse tênis (falta só eu ser ela hahahahaha), correndo como uma linda deusa africana. Fiquei realmente encantada. É um tênis leve. Na verdade, levíssimo. Demais para a insustentável leveza do meu ser (citando autor que adoro, Milan Kundera, totalmente fora do contexto dele, devo dizer). O que quero dizer com isso? Que me senti pesada para ele, o que definitivamente não aconteceria com a Stefanie.  Usei para fazer alguns treinos de tiros, inicialmente, e um regenerativo. Nos treinos de velocidade, até me senti bem. Ele é super ventilado, confortável nos pés…

Avaliações de tênis - Rodagem: Comparação Freedom Iso - Saucony e 361ºKgM2

Imagem
Então, people, para agilizar e mudar um pouco o formato de avaliações de tênis, já que são feitas tantas, e as minhas são da categoria super amadora, vou fazer hoje comparação entre dois tênis que, na minha concepção, têm propostas parecidas. Depois vou fazer um só sobre tênis de marca específica,e  assim vamos nos divertindo. Devo avisar que vocês não lerão nenhuma avaliação de tênis da Mizuno, porque tive apenas duas experiências com a marca e não deram certo, machucaram meus pés acima do que é esperado, e eram muito duros para mim. Como o preço da maioria dos modelos é alto, não posso mais arriscar com o histórico. Tem um universo de pessoas que adoram, entendo, mas geralmente são corredores que gostam exatamente do perfil mais firme, e eu gosto de mais macio. Ou seja, quando eu digo que gostei de um modelo, geralmente é um que seja macio. Recomendo a leitura do post anterior para relembrar partes do tênis, tipos de pisadas, etc. Bom, ainda avaliando Saucony, marca mega tradiciona…